Blog

16/03/2021

Modelo de trabalho, tendências para 2021

Para suprir as necessidades dos negócios, aliadas às exigências e segurança dos profissionais, o mercado se adaptou e um novo modelo ganhou força: o trabalho remoto, porém com o retorno de atividades presenciais, começa a seguinte dúvida: qual será o modelo de trabalho mais indicado para a continuidade dos seus negócios?

Vem com a gente analisar os três e esteja pronto para implementar o melhor formato para sua empresa.

O trabalho presencial é realizado no espaço da organização, nas dependências da empresa. Nesse formato há a vantagem de maior relacionamento com a equipe, proximidade e acompanhamento das atividades de forma instantânea.

O trabalho remoto é o que ocorre sem a necessidade de comparecer ao local onde a empresa está localizada, acontece online. Aqui, é possível a redução de gastos e a chance de aumento da produtividade para colaboradores e empresas.

Já o modelo híbrido, é uma mistura das duas formas e já está sendo usado para equilibrar necessidades e interesses das empresas com a qualidade de vida dos colaboradores, sendo consolidado como a tendência oficial para 2021.

Claro que essa tendência traz desafios, como manter uma equipe engajada remotamente, que requer comprometimento do colaborador e líderes, além disso, para que a implantação seja um sucesso, é necessário disciplina, comprometimento e transparência de todos os lados.

E aí, qual o modelo ideal para a sua empresa? Deixe nos comentários e vamos conversar sobre essa tendência?

Vagas Gerenciais em Blumenau e Região

Matérias Relacionadas
09/01/2018

São Paulo - Desde que a crise se instalou no mercado de trabalho, conversar com recrutadores é certeza de ouvir histórias de telefonemas e pedidos de reuniões feitos a eles por profissionais aflitos. 

08/04/2020

Expressão americana que pegou no Brasil ha algum tempo! Muito antes do Coronavirus alguns profissionais já tinham como rotina profissional o escritorio em casa. Mas será que funciona para todo mundo? 

11/11/2017

São Paulo - Profissionais dotados de inteligência emocional estão à frente de seus colegas - inclusive daqueles com o raciocínio mais afiado.

Segundo uma pesquisa da consultoria TalentSmart, o QE (Quociente Emocional) pode ser mais decisivo para o sucesso na carreira do que o famoso QI (Quociente de Inteligência).