Blog

28/10/2017

As 10 atitudes mais valorizadas por recrutadores televendas cobrança

Pesquisa publicada pelo CareerBuilder mostra as características comportamentais mais buscadas na hora da avaliação de candidatos a oportunidades profissionais

Por: Camila Pati

Não são só as habilidades técnicas que você aprende na faculdade ou no dia a dia que interessam aos recrutadores. A maneira como você se comporta pode ser igual ou até mais importante para quem vai “bater o martelo” de uma contratação.

É o que mostra uma pesquisa feita com mais de 2,1 mil recrutadores e profissionais de recursos humanos, publicada pelo site americano Career Builder.

Segundo o levantamento, 77% dos entrevistados colocam técnica e personalidade em pé de igualdade durante a avaliação de um candidato.

Com isso, quando dois candidatos têm um currículo semelhante, as atitudes de um deles podem ser decisivas. Um dos motivos para isso é que o perfil comportamental de uma pessoa pode falar muito (ou não) sobre sua adaptação ao novo ambiente de trabalho, segundo o que Rosemary Haefner, presidente de RH do site, sugeriu no relatório de apresentação da pesquisa.

No texto, ela pontua que questões como solução de problemas, motivação e gerenciamento de pessoas estão intimamente relacionadas às habilidades comportamentais de um profissional.

Segundo a pesquisa, são 10 as características de personalidade mais buscadas durante a avaliação de potenciais funcionários. Confira quais são na tabela abaixo:

As-10-atitudes-mais-valorizadas-por-recrutadores-televendas-cobranca-interna-1

Fonte: http://www.televendasecobranca.com.br/gestao/10-atitudes-que-os-recrutadores-mais-valorizam-em-candidatos-40952/

Compartilhar

Vagas Gerenciais em Blumenau e Região

Matérias Relacionadas
07/12/2017

Veja seis dicas elencadas por especialistas para encontrar o profissional perfeito para sua empresa.

24/11/2017

A instabilidade econômica do país influência diretamente na decisão e nas ações dos líderes RH das empresas em relação ao quadro de funcionários. 

14/11/2017

Difícil ficar impermeável a realidade econômica do país, todos os caminhos levam até ela. Ligar a televisão, ler os jornais, acessar as mídias sociais, ouvir o radio ou até o cafezinho com os amigos na padaria da esquina, não tem jeito, o assunto acaba sendo a famigerada - crise.